Josemaría Escrivá Obras
156

Outro paradoxo do caminho espiritual: a alma que menos necessita de reforma na sua conduta, mais se esforça por consegui-la; não pára até alcançá-la.

E vice-versa.

Anterior Ver capítulo Seguinte