Josemaría Escrivá Obras
893

Diziam àquele bom amigo, para o humilhar, que a sua alma era de segunda ou de terceira classe.

Convencido do seu nada, sem se aborrecer, raciocinava assim: Como cada homem não tem senão uma alma - eu a minha, uma só também -, para cada um a própria alma será... de primeira. Não quero baixar a pontaria! Portanto, tenho uma alma de "primeiríssima" e quero, com a ajuda de Deus, purificá-la e branqueá-la e acendê-la, para que o Amado esteja muito contente.

- Não te esqueças tu também - mesmo que te vejas tão cheio de misérias: não "podes baixar a pontaria".

Anterior Ver capítulo Seguinte