Josemaría Escrivá Obras
774

"Trago comigo - escrevia aquele amigo - um pequeno Santo Cristo, com a imagem muito gasta pelo uso e os beijos, herdado pelo meu pai na morte da sua mãe, que o usava habitualmente.

Como é muito pobrezinho e está muito gasto, não me atrevo a oferecê-lo a ninguém e desta maneira, ao vê-lo, aumenta o meu amor à Cruz".

Anterior Ver capítulo Seguinte