Josemaría Escrivá Obras
474

Mãe nossa, nossa Esperança!, como estamos seguros, pegadinhos a Ti, ainda que tudo cambaleie.

Anterior Ver capítulo Seguinte