Josemaría Escrivá Obras
401

Pregar-se na Cruz! Esta aspiração, como luz nova, vinha à inteligência, ao coração e aos lábios daquela alma, muitas vezes.

- Pregar-se na Cruz? Como custa! - dizia a si próprio. E isso sabendo muito bem o caminho: "agere contra!", negar-se a si mesmo. Por isso suplicava: - Ajuda-me, Senhor!

Anterior Ver capítulo Seguinte