Josemaría Escrivá Obras
190

Se eu fosse leproso, a minha mãe abraçar-me-ia. Sem medo nem hesitações, beijar-me-ia as chagas.

E, então, a Virgem Santíssima? Ao sentir que temos lepra, que estamos chagados, temos de gritar: - Mãe! E a protecção da nossa Mãe é como um beijo nas feridas, que nos consegue a cura.

Anterior Ver capítulo Seguinte