Josemaría Escrivá Obras
188

A oração - mesmo a minha! - é omnipotente.

Anterior Ver capítulo Seguinte