Josemaría Escrivá Obras
639

De calar-te não te arrependerás nunca; de falar, muitas vezes.

Anterior Ver capítulo Seguinte