Josemaría Escrivá Obras
163

Se o teu olho direito te escandaliza..., arranca-o e atira-o para longe! - Pobre coração, que é ele que te escandaliza!

Aperta-o, amarfanha-o entre as mãos; não Ihe dês consolações. - E, cheio de uma nobre compaixão, quando tas pedir, segreda-lhe como em confidência: - "Coração: coração na Cruz, coração na Cruz!".

Anterior Ver capítulo Seguinte