Josemaría Escrivá Obras
117

Na leitura - escreves-me - preparo o depósito de combustível. Parece-me um montão inerte, mas é dali que muitas vezes a minha memória tira espontaneamente material, que enche de vida a minha oração e inflama a minha acção de graças depois de comungar.

Anterior Ver capítulo Seguinte