Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Via Sacra > Oitava estação. Jesus consola as filhas de Jerusalém > Ponto 8
8

Entre as pessoas que contemplam a passagem do Senhor, há umas tantas mulheres que não podem conter a sua compaixão e desfazem-se em lágrimas, recordando porventura aquelas jornadas gloriosas de Jesus, quando todos exclamavam maravilhados: bene omnia fecit (Mc VII, 37), fez tudo bem.

Mas o Senhor quer encaminhar esse pranto para um motivo mais sobrenatural, e convida-as a chorar pelos pecados, que são a causa da Paixão e que atrairão o rigor da justiça divina:

- Filhas de Jerusalém, não choreis por Mim; chorai por vós mesmas e pelos vossos filhos... Pois, se tratam assim a madeira verde, o que acontecerá ao lenho seco (Lc XXIII, 28, 31)?

Os teus pecados, os meus, os de todos os homens põem-se de pé. Todo o mal que fizemos e o bem que deixámos de fazer. O panorama desolador dos inumeráveis delitos e infâmias sem conta, que teríamos cometido, se Ele, Jesus, não nos tivesse confortado com a luz do Seu olhar amabilíssimo.

Que pouco é uma vida para reparar!

PONTOS DE MEDITAÇÃO

1. Os santos - dizes-me rebentavam em lágrimas de dor ao pensar na Paixão de Nosso Senhor. Eu, porém...

Talvez seja porque tu e eu presenciamos as cenas, mas não as "vivemos".

2. Veio para o que era Seu e os Seus não O receberam (Jo I, 11). Mais ainda, arrastaram-nO para fora da cidade para O crucificarem.

Jesus responde com um convite ao arrependimento, agora, enquanto a alma está a caminho e ainda há tempo.

Contrição profunda pelos nossos pecados. Dor pela malícia inesgotável dos homens que se preparam para dar a morte ao Senhor. Reparação pelos que ainda se obstinam em tornar estéril o sacrifício de Cristo na Cruz.

3. É preciso unir, é preciso compreender, é preciso desculpar.

Não levantes nunca uma cruz apenas para recordar que uns mataram outros. Seria o estandarte do diabo.

A Cruz de Cristo é calar, perdoar e rezar por uns e por outros, para que todos alcancem a paz.

4. O Mestre passa, uma e outra vez, muito perto de nós.

Olha-nos... E se O vês, se O escutas, se não Lhe resistes, Ele ensinar-te-á a dar sentido sobrenatural a todas as tuas acções... E, então, também tu semearás, onde te encontrares, consolação e paz e alegria.

5. Por muito que ames, nunca amarás bastante.

O coração humano tem um coeficiente de dilatação enorme. Quando ama, dilata-se num crescendo de carinho que supera todas as barreiras.

Se amas o Senhor, não haverá criatura que não encontre lugar no teu coração.

[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Seguinte