Josemaría Escrivá Obras
672

Que admiravelmente se aplicam aos filhos de Deus estas palavras de Santo Ambrósio! Fala do burrinho preso com a asna, de que Jesus precisava, para o seu triunfo, e comenta: "só uma ordem do Senhor o podia desatar. Soltaram-no as mãos dos Apóstolos. Para um facto semelhante, requerem-se um modo de viver e uma graça especial. Sê tu também apóstolo, para poderes libertar os que estão cativos".

- Deixa-me glosar-te de novo este texto: quantas vezes, por mandato de Jesus, soltaremos as prisões das almas, porque Ele as necessita para o seu triunfo! Que sejam de apóstolo as nossas mãos e as nossas acções e a nossa vida... Então Deus dar-nos-á também graça de apóstolo, para quebrar os ferros dos acorrentados.

Anterior Ver capítulo Seguinte