Josemaría Escrivá Obras
21

O mandamento de amar os pais é de direito natural e de direito divino positivo, e eu chamei-lhe sempre "dulcíssimo preceito".

Não descuides a tua obrigação de amar cada dia mais os teus, de te mortificares por eles, de rezar por eles e de lhes agradecer todo o bem que lhes deves.

Anterior Ver capítulo Seguinte