Josemaría Escrivá Obras
196

Jesus, Amor, não quero pensar que posso voltar a ofender-te!... "Tuus sum ego..., salvum me fac!". Sou teu: salva-me!

Anterior Ver capítulo Seguinte