Josemaría Escrivá Obras
183

Vives contente, muito feliz, ainda que em certas alturas notes o arranhão da tristeza e, inclusivamente, palpes quase habitualmente um sedimento real de pesar.

Essa alegria e essa angústia podem coexistir, cada uma no seu "homem": aquela, no novo; a outra, no velho.

Anterior Ver capítulo Seguinte