Josemaría Escrivá Obras
899

Como te custa essa pequena mortificação! - Lutas. - E como se te dissessem: porque hás-de ser tão fiel ao plano de vida, ao relógio? - Olha: já reparaste com que facilidade são enganados os miuditos? - Não querem tomar o remédio amargo, mas... "vamos lá!" - dizem-lhes - "esta colherzita pelo papá; outra pela avozinha... ". E assim, até tomarem toda a dose.

O mesmo deves tu fazer: um quarto de hora mais de cilício pelas almas do Purgatório; cinco minutos mais pelos teus pais; outros cinco pelos teus irmãos de apostolado... Até passar o tempo marcado no teu horário.

Feita deste modo a tua mortificação, quanto não vale!

Anterior Ver capítulo Seguinte