Josemaría Escrivá Obras
883

Reconheço a minha rudeza, meu Amor, que é a tanta..., tanta, que até quando quero acariciar, magoo. - Suaviza as maneiras da minha alma; dá--me, quero que me dês, dentro da forte virilidade da vida de infância, aquela delicadeza e meiguice que as crianças têm, com íntima efusão de amor, no convívio com os pais.

Anterior Ver capítulo Seguinte