Josemaría Escrivá Obras
41

Que modo tão transcendente de viver patetices vazias, e que maneira de chegar a ser alguém na vida - subindo, subindo à força de "pesar pouco", de não ter nada, nem no cérebro nem no coração!

Anterior Ver capítulo Seguinte