Josemaría Escrivá Obras
332

Àquele que puder ser sábio, não lhe perdoamos que o não seja.

Anterior Ver capítulo Seguinte