Josemaría Escrivá Obras
182

Bebamos até à última gota o cálice da dor na pobre vida presente. - Que importa padecer dez, vinte, cinquenta anos... se depois vem o Céu para sempre, para sempre... para sempre?

E sobretudo, melhor do que a razão apontada, "propter retributionem", que importa padecer, se se padece para consolar, para dar gosto a Deus Nosso Senhor, com espírito de reparação, unido a Ele na sua Cruz... Numa palavra: se se padece por Amor?...

Anterior Ver capítulo Seguinte