Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Caminho > Coração > Ponto 164
164

Como vai esse coração? - Não te inquietes; os santos - que eram seres bem constituídos e normais, como tu e como eu - sentiam também essas "naturais" inclinações. E se as não tivessem sentido, a sua reacção "sobrenatural" de guardar o coração - alma e corpo - para Deus, em vez de o entregarem a uma criatura, pouco mérito teria tido.

Por isso, uma vez visto o caminho, creio que a fraqueza do coração não deve ser obstáculo para uma alma decidida e "bem enamorada".

[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Ver capítulo Seguinte