Josemaría Escrivá Obras
125

Eu quereria - disseste-me - que João, o adolescente, tivesse uma confidência comigo e me desse conselhos; e me animasse a conseguir a pureza do meu coração.

Se na verdade o queres, diz-lho. E sentirás animo, e terás conselho.

Anterior Ver capítulo Seguinte