Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Caminho > Proselitismo > Cap 38
790

Não vos dá vontade de gritar à juventude buliçosa que vos rodeia: Loucos!, deixai essas coisas mundanas que amesquinham o coração... e muitas vezes o aviltam..., deixai isso e vinde connosco atrás do Amor?


791

Falta-te "vibração". - Essa é a causa de arrastares tão poucos. - É como se não estivesses muito persuadido do que ganhas ao deixar por Cristo essas coisas da Terra.

Compara: cem por um e a vida eterna! - Parece-te pequeno o "negócio"?


792

"Duc in altum" - Ao largo! - Repele o pessimismo que te torna cobarde. "Et laxate retia vestra in capturam” - e lança as redes para pescar.

Não vês que podes dizer, como Pedro: "In nomine tuo, laxabo rete". - Jesus, em teu nome procurarei almas?


793

Proselitismo. - É o sinal certo do zelo verdadeiro.


794

Semear. - Saiu o semeador... - Semeia aos punhados, alma de apóstolo. - O vento da graça arrastará a tua semente se o sulco onde caiu não for digno... Semeia, e está certo de que a semente vingará e dará o seu fruto.


795

Com o bom exemplo semeia-se boa semente; e a caridade obriga todos a semear.


796

Pequeno amor é o teu se não sentes zelo pela salvação de todas as almas. - Pobre amor é o teu se não tens ânsia de pegar a tua loucura a outros apóstolos.


797

Sabes que o teu caminho não é claro. - E que o não é, porque, não seguindo de perto a Jesus, ficas nas trevas. - Que esperas para te decidires?


798

Razões?... Que razões daria o pobre Inácio ao sábio Xavier?


799

O que a ti te admira, a mim parece-me razoável. - Deus foi-te procurar no exercício da tua profissão?

Foi assim que procurou os primeiros: Pedro, André, João e Tiago, junto das redes; Mateus, sentado à mesa dos impostos...

E - assombra-te! - Paulo, no seu afã de acabar com a semente dos cristãos.


800

A messe é grande e poucos os operários. - "Rogate ergo!". - Rogai, pois, ao Senhor da messe que envie operários para o seu campo.

A oração é o meio mais eficaz do proselitismo.


801

Ainda ressoa no mundo aquele clamor divino: "Vim trazer fogo à Terra, e que quero senão que se ateie?". - E bem vês: quase tudo está apagado...

Não te animas a propagar o incêndio?


802

Querias atrair ao teu apostolado aquele homem sábio, aquele poderoso, e aquele cheio de prudência e virtudes.

Pede por eles, oferece sacrifícios e prepara--os com o teu exemplo e com a tua palavra. - Não: vêm? - Não percas a paz; é que não são precisos.

Julgas que não havia contemporâneos de Pedro sábios e poderosos, e prudentes, e virtuosos, fora do apostolado dos primeiros doze?


803

Disseram-me que tens "jeito", "garra", para atrair almas ao teu caminho.

Agradece a Deus esse dom: ser instrumento para procurar instrumentos!


804

Ajuda-me a clamar: Jesus! Almas!... Almas de apóstolo! São para Ti, para a Tua glória.

Verás como acaba por escutar-nos.


805

Ouve: aí... não haverá um... ou dois, que nos entendam bem?


806

Diz-lhe a... esse, que preciso de cinquenta homens que amem a Jesus Cristo sobre todas as coisas.


807

Dizes-me, desse teu amigo, que frequenta os Sacramentos, que é de vida limpa e bom estudante. - Mas que não "encaixa"; se lhe falas em sacrifício e apostolado, entristece-se e vai-se embora.

Não te preocupes. - Não é um fracasso do teu zelo; é, à letra, a cena que narra o Evangelista: "Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres" (sacrifício)... "depois, vem e segue-me" (apostolado).

O adolescente "abiit tristis" - também se retirou entristecido; não quis corresponder à graça.


808

"Uma boa notícia: mais um doido..., para o manicómio". - E tudo é alvoroço na carta do "pescador".

Que Deus encha de eficácia as tuas redes!


809

Proselitismo. - Quem há que não tenha fome de perpetuar o seu apostolado?


810

Essas ânsias de proselitismo que te roem as entranhas, são sinal certo da tua entrega.


811

Lembras-te? - Fazíamos, tu e eu, a nossa oração, quando caía a tarde. Perto, ouvia-se o rumor da água. - E, na quietude da cidade castelhana, ouvíamos também vozes diferentes que falavam em cem línguas, gritando-nos angustiosamente que ainda não conhecem Cristo. Beijaste o Crucifixo, sem te recatares, e pediste-Lhe que te fizesse apóstolo de apóstolos.


812

Compreendo que ames tanto a tua Pátria e os teus, e que, apesar desses vínculos, aguardes com impaciência o momento de atravessar terras e mares - ir a lugares longínquos! - porque te consome a ânsia da messe.


[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Seguinte