Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Caminho > Luta interior > Cap 34
707

Não te perturbes se, ao considerar as maravilhas do mundo sobrenatural, sentes a outra voz - íntima, insinuante - do "homem velho".

É "o corpo de morte" a clamar pelos seus foros perdidos... Basta-te a graça: sê fiel e vencerás.


708

O mundo, o Demónio e a carne são uns aventureiros que, aproveitando-se da fraqueza do selvagem que trazes dentro de ti, querem que, em troca do fictício brilho dum prazer - que nada vale - Ihes entregues o ouro fino e as pérolas e os brilhantes e os rubis embebidos no Sangue vivo e redentor do teu Deus, que são o preço e o tesouro da tua eternidade.


709

Estás a ouvir? - Noutro estado, noutro lugar, noutro grau e ofício farias um bem muito maior. - Para fazer o que fazes, não é preciso talento!

Pois eu te digo: onde te puseram agradas a Deus... e isso que andavas a pensar é claramente uma sugestão infernal.


710

Apoquentas-te e entristeces-te porque as tuas Comunhões são frias, cheias de aridez. - Quando vais à Comunhão - diz-me - procuras-te a ti ou procuras Jesus? - Se te procuras a ti, tens bom motivo para te entristeceres... Mas se - como deves - procuras Cristo, queres sinal mais certo do que a Cruz, para saberes que O encontraste?


711

Outra queda..., e que queda!... Desesperar-te? Não; humilhar-te e recorrer, por Maria, tua Mãe, ao Amor Misericordioso de Jesus. - Um "miserere" e, coração ao alto!

- A começar de novo.


712

Bem fundo caíste. - Começa os alicerces a partir daí. - Sê humilde. - "Cor contritum et humiliatum, Deus, non despicies". - Não desprezará Deus um coração contrito e humilhado.


713

Tu não vais contra Deus. - As tuas quedas são de fragilidade. - Concordo. Mas são tão frequentes essas fragilidades (não sabes evitá-las), que, se não queres que te tenha por mau, hei-de ter-te por mau e tolo.


714

Um querer sem querer é o teu, enquanto não afastares decididamente a ocasião. - Não te queiras iludir dizendo-me que és fraco. És... cobarde, o que não é o mesmo.


715

Essa trepidação do teu espírito, a tentação que te envolve, é como uma venda sobre os olhos da tua alma.

Estás às escuras. - Não te empenhes em andar só, porque, sozinho, cairás. - Vai ter com o teu Director - com o teu superior - e ele há-de fazer-te ouvir aquela palavra do Arcanjo Rafael a Tobias:

"Forti animo esto, in proximo est ut a Deo cureris". - Tem coragem, que em breve Deus te curará. - Sê obediente, e cairão as escamas, cairá a venda dos teus olhos, e Deus encher-te-á de graça e de paz.


716

"Não sei vencer-me!", escreves-me com desalento. - E respondo-te: mas já tentaste, porventura, empregar os meios adequados?


717

Bem-aventuradas desventuras da Terra!

- Pobreza, lágrimas, ódios, injustiça, desonra... Tudo poderás n'Aquele que te conforta.


718

Sofres... e não quererias queixar-te. - Não faz mal que te queixes (é a reacção natural da nossa pobre carne), enquanto a tua vontade quiser em ti, agora e sempre, o que Deus quiser.


719

Nunca desesperes. Morto e corrompido estava Lázaro: "jam foetet, quatriduanus est enim" - já fede, porque há quatro dias que está enterrado, diz Marta a Jesus.

Se ouvires a inspiração de Deus e a seguires ("Lazare veni foras!" - Lázaro, vem para fora!), voltarás à Vida.


720

Como custa! - Bem sei. Mas para a frente! Só será premiado - e com que prémio! - aquele que pelejar com bravura.


721

Se cambaleia o teu edifício espiritual, se tens a impressão de que tudo está no ar..., apoia-te na confiança filial em Jesus e em Maria, pedra firme e segura sobre a qual devias ter edificado desde o princípio.


722

A provação desta vez é longa. - Talvez - mesmo sem "talvez" - não a tenhas aceitado bem até agora... porque ainda procuravas consolações humanas. - E o teu Pai-Deus arrancou-as pela raiz para que não tenhas outro esteio além d'Ele.


723

Que tudo te é indiferente? - Não queiras iludir-te. Agora mesmo, se eu te perguntasse por pessoas e por actividades, em que por Deus empenhaste a tua alma, havias de responder-me - briosamente! - com o interesse de quem fala de coisa própria.

Não: para ti, não é tudo indiferente - é que não és incansável..., e necessitas de mais tempo para ti; tempo que será também para as tuas obras, porque, no fim de contas, tu és o instrumento.


724

Dizes-me que tens no teu peito fogo e água, frio e calor, paixõezinhas e Deus...; uma vela acesa a São Miguel, e outra ao Diabo.

Tranquiliza-te; enquanto quiseres lutar, não haverá duas velas acesas no teu peito, mas uma só, a do Arcanjo.


725

O inimigo quase sempre procede assim com as almas que Ihe vão resistir: hipocritamente, suavemente; motivos... espirituais! Não chamar a atenção... - E depois, quando parece não haver remédio (que há), descaradamente..., a ver se consegue um desespero à Judas, sem arrependimento.


726

Ao perderes aqueles consolos humanos, ficaste com uma sensação de soledade, como que suspenso dum fio sobre o vazio de negro abismo. - E o teu clamor, os teus gritos de socorro, parece que ninguém os escuta.

Foi bem merecido esse desamparo. - Sê humilde. Não te procures a ti nem procures a tua comodidade; ama a Cruz - suportá-la é pouco - e o Senhor ouvirá a tua oração. E hão-de acalmar-se os teus sentidos. E voltará a sarar o teu coração. E hás-de ter paz.


727

Em carne viva. - É como tu estás. Tudo te faz sofrer nas potências da alma e nos sentidos. E tudo para ti é tentação...

Sê humilde, insisto. Verás como te tiram depressa desse estado. E a dor, transformar-se-á em alegria; a tentação, em segura firmeza.

Mas, entretanto, aviva a tua fé; enche-te de esperança; e faz contínuos actos de Amor, embora penses que não passam de simples palavras.


728

Toda a nossa fortaleza é emprestada.


729

Ó meu Deus: cada dia me sinto menos seguro de mim e mais seguro de Ti!


730

Se O não deixares, Ele não te deixará.


731

Espera tudo de Jesus; tu nada tens, nada vales, nada podes. - Ele agirá, se n'Ele te abandonares.


732

O Jesus...! - Descanso em Ti.


733

Confia sempre no teu Deus. - Ele não perde batalhas.


[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Seguinte