Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Caminho > A Virgem Maria > Cap 21
492

O amor à nossa Mãe será sopro que transforme em lume vivo as brasas de virtude que estão ocultas sob o rescaldo da tua tibieza.


493

Ama a Senhora. E Ela te obterá graça abundante para venceres nesta luta quotidiana. - E de nada servirão ao maldito essa coisas perversas, que sobem e sobem, fervendo dentro de ti, até quererem sufocar, com a sua podridão bem cheirosa, os grandes ideais, os mandamentos sublimes que o próprio Cristo pôs no teu coração. - "Serviam!" - Servirei!


494

Sê de Maria e serás nosso.


495

A Jesus sempre se vai e se "torna a ir" por Maria.


496

Como gostam os homens de que Ihes recordem o seu parentesco com personagens da literatura, da política, do exército, da Igreja!... - Canta diante da Virgem Imaculada, recordando-Lhe:

Ave, Maria, Filha de Deus Pai; Ave, Maria, Mãe de Deus Filho; Ave, Maria, Esposa de Deus Espírito Santo... Mais do que tu, só Deus!


497

Diz: Minha Mãe (tua, porque és seu por muitos títulos), que o teu amor me prenda à Cruz do teu Filho; que não me falte a Fé, nem a valentia, nem a audácia, para cumprir a vontade do nosso Jesus.


498

Todos os pecados da tua vida parecem ter-se posto de pé. - Não desanimes. - Pelo contrário, chama por tua Mãe, Santa Maria, com fé e abandono de criança. Ela trará o sossego à tua alma.


499

Maria Santíssima, Mãe de Deus, passa despercebida, como uma qualquer, entre as mulheres do seu povo.

- Aprende d'Ela a viver com "naturalidade".


500

Traz sobre o peito o santo escapulário do Carmo. - Poucas devoções (há muitas, e muito boas devoções marianas) estão tão arraigadas entre os fiéis e têm tantas bênçãos dos Pontífices. - Além disso, é tão maternal este privilégio sabatino!


501

Quando te perguntaram que imagem da Virgem te dava mais devoção, e respondeste - como quem já fez bem a experiência - "todas", compreendi que eras um bom filho; por isso te parecem bem (enamoram-me, disseste) todos os retratos da tua Mãe.


502

Maria, Mestra da oração.

- Olha como pede a seu Filho em Caná. E como insiste, sem desanimar, com perseverança. - E como consegue.

- Aprende.


503

Soledade de Maria. Só! - Chora, sem amparo. - Tu e eu devemos acompanhar Nossa Senhora, e chorar também; porque foram as nossas misérias que pregaram Jesus, com cravos, a um madeiro.


504

A Virgem Santa Maria, Mãe do Amor Formoso, aquietará o teu coração, quanto te fizer sentir que é de carne, se recorreres a Ela com confiança.


505

O amor a Nossa Senhora é prova de bom espírito, nas obras e nas pessoas singulares.

- Desconfia do empreendimento que não tenha esse sinal.


506

A Virgem Dolorosa... Quando a contemplares, repara no seu Coração. É uma mãe com dois filhos, frente a frente; Ele... e tu.


507

Que humildade, a de minha Mãe Santa Maria! - Não a vereis entre as palmas de Jerusalém, nem - afora as primícias de Caná - na altura dos grandes milagres. - Mas não foge do desprezo do Gólgota; lá está, "iuxta crucem Iesu" - junto da cruz de Jesus, sua Mãe.


508

Admira a firmeza de Santa Maria: ao pé da Cruz, com a maior dor humana - não há dor como a sua dor - cheia de fortaleza. - E pede-lhe dessa firmeza, para que saibas também estar junto da Cruz.


509

Maria, Mestra do sacrifício escondido e silencioso!

- Vede-a, quase sempre oculta, colaborando com o Filho: sabe e cala.


510

Vedes com que simplicidade? - "Ecce ancilla" - E o Verbo se fez carne...

- Assim agiram os santos: sem espectáculo. Se o houve foi a pesar deles.


511

"Ne timeas, Maria!". - Não temas, Maria!... - Turbou-se a Senhora diante do Arcanjo.

- E quererei ainda desprezar esses pormenores de modéstia, que são a salvaguarda da minha pureza!?


512

Ó Mãe, Mãe! com essa tua palavra - "fiat" - tornaste-nos irmãos de Deus e herdeiros da sua glória. - Bendita sejas!


513

Antes, só, não podias... - Agora, recorreste à Senhora, e, com Ela, que fácil!


514

Confia. - Torna. - Invoca a Senhora e serás fiel.


515

Sentes que, por momentos, te faltam as forças? - Porque não o dizes à tua Mãe, "consolatrix afflictorum, auxilium christianorum..., spes nostra, regina apostolorum"?


516

Mãe! - Chama-a bem alto. - Ela, a tua Mãe Santa Maria, escuta-te, vê-te em perigo talvez, e oferece-te, com a graça do seu Filho, o consolo do seu regaço, a ternura das suas carícias. E encontrar-te-ás reconfortado para a nova luta.


[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Seguinte