Josemaría Escrivá Obras
 
 
 
 
 
 
  Caminho > O plano da tua santificação > Cap 17
387

O plano de santidade que o Senhor nos pede é determinado por estes três pontos:

- A santa intransigência, a santa coacção e a santa desvergonha.


388

Uma coisa é a santa desvergonha, e outra, o despudor "laico".


389

A santa desvergonha é uma característica da "vida de infância". À criança, nada a preocupa. - As suas misérias, as suas naturais misérias, põem-se em evidência com simplicidade, ainda que toda a gente esteja a vê-la...Essa desvergonha, aplicada à vida sobrenatural, traz este raciocínio: louvor... menosprezo; admiração... escárnio; honra... desonra; saúde... doença; riqueza... pobreza; formosura... fealdade...

E tudo isso... que importa?


390

Ri-te do ridículo. - Despreza o que dirão. Vê e sente a Deus em ti mesmo e no que te rodeia. - Assim acabarás por conseguir a santa desvergonha de que precisas (oh, paradoxo!) para viveres com delicadeza de cavalheiro cristão.


391

Se tens a santa desvergonha, que te importa o "que terão dito" ou o "que dirão"?


392

Convence-te de que o ridículo não existe para quem faz o melhor.


393

Um homem, um... cavalheiro transigente tornaria a condenar Jesus à morte.


394

A transigência é sinal certo de se não possuir a verdade. - Quando um homem transige em questões de ideal, de honra, ou de Fé, esse homem é um homem... sem ideal, sem honra e sem Fé


395

Aquele homem de Deus, curtido na luta, argumentava assim: que não transijo? Pois claro! Porque estou persuadido da verdade do meu ideal. Pelo contrário, você é muito transigente... Parece-lhe que dois e dois são três e meio? - Não?... Nem por amizade cede em tão pouca coisa?

- É que pela primeira vez se persuadiu de estar na verdade... e passou-se para o meu lado!


396

A santa intransigência não é destempero.


397

Sê intransigente na doutrina e na conduta. - Mas brando na forma. - Maça poderosa de aço, almofadada.

- Sê intransigente, mas não sejas ríspido.


398

A intransigência não é intransigência sem mais nada; é "a santa intransigência".Não nos esqueçamos que também há uma "santa coacção".


399

Se, para salvar uma vida terrena, empregamos a força, com o aplauso de todos, para evitar que um homem se suicide..., não havemos de empregar a mesma coacção - a santa coacção - para salvar a Vida (com maiúscula) de muitos que se obstinam em suicidar idiotamente a sua alma?


400

Quantos crimes se cometem em nome da justiça! - Se tu vendesses armas de fogo, e alguém te desse o preço duma delas para matar com essa arma a tua mãe, vender-lha-ias?... Mas porventura não te dava o seu justo preço?...

- Professor, jornalista, político, diplomata: meditai.


401

Deus e audácia! - Audácia não é imprudência. - Audácia não é temeridade.


402

Não peças perdão a Jesus apenas das tuas culpas; não O ames com o teu coração somente...

Desagrava-O por todas as ofensas que Lhe têm feito, que Lhe fazem e Lhe hão-de fazer...; ama-O com toda a força de todos os corações de todos os homens que mais O tenham amado.

Sê audaz: diz-Lhe que estás mais louco por Ele que Maria Madalena, mais que Teresa e Teresinha... mais apaixonado que Agostinho e Domingos e Francisco, mais que Inácio e Xavier.


403

Sê ainda mais audaz e, quando precisares de alguma coisa, sempre disposto a dizer "fiat!" - "faça-se a tua Vontade" - não peças; diz "Jesus, quero isto ou aquilo", porque é assim que pedem as crianças.


404

Fracassaste! - Nós não fracassamos nunca. - Puseste por completo a tua confiança em Deus. Não omitiste, depois, nenhum meio humano.

Convence-te desta verdade: o êxito - agora e nisto - era fracassar. - Dá graças ao Senhor e... torna a começar!


405

Fracassaste? - Tu (estás bem convencido) não podes fracassar. Não fracassaste: adquiriste experiência. - Adiante!


406

Aquilo, sim, foi um fracasso, um desastre; porque perdeste o nosso espírito. - Já sabes que, com sentido sobrenatural, o final (Vitória? Derrota? Tanto faz!) só tem um nome: êxito.


407

Não confundamos os direitos do cargo com os da pessoa. - Àqueles não se pode renunciar.


408

Santarrão está para santo como beato para piedoso: é a sua caricatura.


409

Não pensemos que vale alguma coisa a nossa aparente virtude de santos, se não estiver unida às comuns virtudes de cristãos.

- Seria o mesmo que adornar-se com esplêndidas jóias sobre os trajos menores.


410

Que a tua virtude não seja uma virtude sonora.


411

Muitos falsos apóstolos, apesar deles, fazem bem à massa, ao povo, pela própria virtude da doutrina de Jesus, que pregam, ainda que não a pratiquem.

Mas, com este bem, não se compensa o mal enorme e efectivo que produzem, matando almas de chefes, de apóstolos, que se afastam, enojadas, daqueles que não fazem o que ensinam aos outros.

Por isso, se não querem ter uma vida íntegra, nunca se devem pôr na primeira fila, como chefes de grupo - nem eles, nem elas.


412

Que o fogo do teu Amor não seja um fogo--fátuo - ilusão, mentira de fogo, que nem ateia em labaredas o que toca, nem dá calor.


413

O "non serviam" - não servirei! - de Satanás tem sido demasiado fecundo. - Não sentes o impulso generoso de dizer todos os dias, com vontade de oração e de obras, um "serviam" - servir-Te-ei, ser-Te-ei fiel! - que vença em fecundidade aquele clamor de rebeldia?


414

Que pena, um "homem de Deus" pervertido! - Mas, mais pena ainda, um "homem de Deus" tíbio e mundano!


415

Não ligues muita importância ao que o mundo chama vitórias e derrotas. - Sai tantas vezes derrotado o vencedor!


416

"Sine me nihil potestis facere!" - Sem Mim, nada podeis fazer! Nova luz, melhor, resplendores novos, para os meus olhos, dessa Luz Eterna que é o Santo Evangelho.

- Poderei estranhar as "minhas"... tolices?

- Meta eu Jesus em todas as minhas coisas. E, então, não haverá tolices na minha conduta. E, para falar com propriedade, não direi mais as minhas coisas, mas "as nossas coisas".


[Imprimir]
 
[Enviar]
 
[Palm]
 
[Gravar]
 
Traduzir ponto para:
Anterior Seguinte